Como configurar um um Storage Equalogic no VMware

Você comprou um Storage da linha Equalogic da Dell e deseja configurar da forma mais performática possível no VMware?
Então vamos lá.

Este tutorial é focado na linha Equalogic, mas você poderá utilizá-lo em diversos Storages iSCSI do mercado.

Lembre-se que para uma implementação perfeita, seus switchs devem estar bem dimensionados para a carga que você irá colocar em cima deles, ser homologados para iSCSI e também devem estar configurados de maneira correta.
Em breve colocarei um exemplo de configuração de 2x 6224 em Stacking para que vocês possam ter alguma base.

Pré-requisitos

– Switch iSCSI configurado corretamente (cada fabricante possui seu próprio manual de configuração para virtualização com VMware)
– Acesso via shell ao VMware em questão. (Se você não sabe como habilitar, clique aqui)
– Servidor conectado ao Storage. (Dê preferência por material de 1ª linha e cabos categoria 6. Sempre utilize pelo menos 2 portas para iSCSI para Redundância e Balanceamento de Carga)
– Saber os IP’s do seu Storage para a adição das LUN’s ao VMware.
– Liberar o Acesso do seu VMware a LUN desejada. (Caso não saiba como conceder este acesso clique aqui.)

Configuração

1º# Criar um vSwitch e configurar Jumbo Frames:

esxcfg-vswitch -a vSwitch1
esxcfg-vswitch -m 9000 vSwitch1

Para consultar se o comando foi feito corretamente:
esxcfg-vswitch -l

2º# Criar as vmKernel ports para o Balanceamento de Carga do iSCSI + Jumbo config:

*Obs: Utilizar um range de IP’s que esteja na mesma subnet do seu Storage iSCSI.

esxcfg-vswitch -A iSCSI1 vSwitch1
esxcfg-vmknic -a -i 192.168.40.111 -n 255.255.255.0 -m 9000 iSCSI1
esxcfg-vswitch -A iSCSI2 vSwitch1
esxcfg-vmknic -a -i 192.168.40.112 -n 255.255.255.0 -m 9000 iSCSI2
esxcfg-vswitch -A iSCSI3 vSwitch1
esxcfg-vmknic -a -i 192.168.40.113 -n 255.255.255.0 -m 9000 iSCSI3
esxcfg-vswitch -A iSCSI4 vSwitch1
esxcfg-vmknic -a -i 192.168.40.114 -n 255.255.255.0 -m 9000 iSCSI4

Consultando…:
esxcfg-vswitch -l
esxcfg-vmknic -l
esxcfg-nics -l

3º# Atrelas as placas de rede ao vSwitch:

*Obs: Verifique antes quais placas de rede você ligou ao seu Switch iSCSI para acesso ao Storage. Neste caso foram a 2 e a 3.

esxcfg-vswitch -L vmnic2 vSwitch1
esxcfg-vswitch -L vmnic3 vSwitch1

4º# Separar as placas de rede em grupos para melhor performance:

*Obs: Basicamente cada placa atenderá a 2 vmKernel Ports.

esxcfg-vswitch -p iSCSI1 -N vmnic2 vSwitch1
esxcfg-vswitch -p iSCSI2 -N vmnic2 vSwitch1
esxcfg-vswitch -p iSCSI3 -N vmnic3 vSwitch1
esxcfg-vswitch -p iSCSI4 -N vmnic3 vSwitch1

Conferir:
esxcfg-vswitch -l

5º# Iniciar o iSCSI initiator:

esxcfg-swiscsi -e

Conferir:
esxcfg-swiscsi -q

Conferir todas as interfaces:
esxcfg-vmknic -l

6º# Descubra qual é o seu Adaptador iSCSI e atrele as vmk iSCSI ports ao seu adaptador, neste caso vmhba33 (iSCSI adapter):

esxcli swiscsi nic add -n vmk1 -d vmhba33
esxcli swiscsi nic add -n vmk2 -d vmhba33
esxcli swiscsi nic add -n vmk3 -d vmhba33
esxcli swiscsi nic add -n vmk4 -d vmhba33

Conferir em:
esxcli swiscsi nic list -d vmhba33

7º#Buscar os discos no VMware:

Figura x.

8º#Ligar o “Round Robin” no Managed Paths.

Figura y.

 

Pronto! Agora você já pode desfrutar de todos os benefícios do seu Storage dentro do VMware.
Que tal configurar um outro servidor e fazer uns vMotions por aí? 😉

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *